Maria José da Silva

Maria José da Silva

 

Maria José é natural de Uberaba-MG e se define como uma pessoa de bem com a vida, amante da música e que muito cedo experimentou as dificuldades da pobreza que tanto assola a vida de uma considerável parcela da sociedade brasileira.

 

Com o nome artístico de Kauane Mazé, teve a honra de fazer parte de uma coletânea, intitulada “SP em Retalhos”, com Osvaldinho da Cuíca, Tobias da Vai Vai e outros, interpretando a música “Foi tão bom pra mim”, composição de Eduardo Preto.

 

Publicou sua autobiografia intitulada de “Eu sou o samba: a voz e a vez”, pela Copacesso em 2016. O livro trata da verdadeira saga de uma menina, negra, trabalhadora, mulher, que sai da pobreza do bairro de Santa Maria, em Uberaba, para se descobrir na grande “selva de pedra” que é a metrópole São Paulo.